quinta-feira, 15 de março de 2012

Porque sim!

E porque sim, porque me apeteceu, porque achei que era o dia certo e o momento certo. Não sei se é para continuar, se vou escrever muitas ou poucas vezes, mas hoje, mais do que nunca, senti necessidade de escrever, de escrever um blog... Um blog de palavras, de pensamentos soltos, de sentimentos embrenhados e desembrenhados em mim, de emoções e melodias, de sensações e apetites, de revoluções e calmarias...De mim, deste meu lado do avesso, que é tão às direitas (ou não) quanto qualquer um dos outros...

6 comentários:

  1. porque falar ajuda...porque escrever num papel aquilo que nos vai na alma acaba por aliviar um bocadinho do peso daquilo que nos incomoda ou que faz feliz. e poder partilhá-lo com aqueles que fazem parte da nossa vida fá-los pertencer ainda mais ao nosso mundo. ajuda-nos e dá-nos força..por isso acho que fizeste muito bem..porque sim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E porque me alegras sempre a alma com o que escreves! Obrigada minha Susaninha*

      Eliminar
  2. Porque não? porque te apetece e o apetite faz bem...Faz bem a alma, aos sentidos enfim a tudo.
    Palavras soltas, breves retalhos da nossa memória, frases sem sentido mas que de um momento para o outro acabam por fazer todo o sentido do mundo mesmo que em desacordo dentro de acordo claro...
    semtimento que emergem sem se dar conta ... e contas ... sim vai contado que agente quer saber ....
    Beijocas vou tentar acompanhar o mais de perto. telma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh vocês hoje deixam-se sem palavras! Obrigada Telma, conto contigo neste percurso*

      Eliminar
  3. Acho que fizeste muito bem Maria Papoila. Gostei do nome está muito criativo e como sempre muito inspirada. Gostei de ver que está cá a tua essência e como não podia deixar de ser a música do Rei Leão. Um beijo para ti e continua a escrever que eu cá vou continuar a ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu conto cá contigo! Obrigada! Beijinho

      Eliminar